Por Sintep

humbertoNa última sexta-feira, o Secretário da Educação de Poá, Carlos Humberto Martins Duarte, expulsou o advogado Dr. Juliano Melo Duarte de uma reunião de negociação com os servidores públicos de Poá, em greve desde o dia 05.

O ato de completo desrespeito às prerrogativas democráticas estabelecidas na constituição ocorreu após o secretário impedir que o membro eleito pela Assembleia dos Servidores em Greve e presidente do SINTEP, Edgar Passos, estivesse presente à mesa de negociação, um completo desrespeito à liberdade de atuação sindical, também prevista pela constituição.

Este episódio lamentável, só comparável aos atos da ditadura militar, já sinalizava aos trabalhadores que a luta deveria continuar. A suposta proposta apresentada em um rascunho não atendia a nenhuma reivindicação dos servidores, sugerindo que voltassem ao trabalho de mãos abanando.

O advogado já acionou a Ordem dos Advogados do Brasil e na próxima semana o documento será formalizado para análise da Comissão de Direitos e Prerrogativas que possivelmente irá designar uma
data para a realização de um Desagravo Público contra a lamentável atitude daquele que deveria ser uma referência para os educadores do município.

Segue o link da nota publicada pelo advogado Dr. Juliano Duarte, click aqui e tenha acesso ao documento.

A reportagem da @oficialpoacomacento solicitou manifesto da Prefeitura de Poá (Secretaria de Educação), Sintep, Dr. Juliano Duarte e OAB e estamos aguardando o retorno. Ligamos para o secretário de educação, mas o mesmo não atendeu a ligação.

O conteúdo acima, esta divulgando na rede social da página do Sintep.