Adilson Santos

Paço municipal 12-12-2017-01Hoje a tarde fui até a prefeitura da estância hidromineral de Poá e me chamou atenção o jardim do paço municipal poaense, onde fiz este registro fotográfico com o celular.

Logo na entrada #sobolharpoa me deparei com estas bonitas florzinhas amarelas, oriundas da falta de zeladoria dos jardins no prédio sede do Poder Executivo de Poá.

A reclamação de mato e a observação não é só deste cidadão, mas de diversas pessoas na cidade, inclusive moradores da Vila Perracine, onde fizeram a limpeza no entorno do córrego tanquinho, mas não limparam um parquinho de brinquedos.

Andando pelos corredores estava o chefe de gabinete o advogado dr. Lucas Pimenta Bertagnolli sempre cortes e simpático, lhe mostrei a foto o qual disse que iria solicitar providências. Informei a ele que iria formalizar o  pedido como cidadão, o qual agradeceu.

Paço municipal 12-12-2017-03.jpg
De quem é a culpa ? 
Um jardim assim de quem é a culpa? Claro que não é do cidadão que paga seus impostos, para que o Poder Público através do prefeito e secretarias competentes, mantenha não só a prefeitura em perfeito estado de limpeza e conservação, como toda a cidade.

Sempre recomendo que todo cidadão faça uso do seu celular, para a prática de cidadania, registrando os problemas da cidade reportando em #foto e #vídeo, onde todos devem participar, solicitar e cobrar pelas vias normais bons serviços público.

O próprio prefeito de Poá Gian Lopes disse: a iniciativa é importante, pois vem de encontro com o seu pensamento, que é da população participando efetivamente com o seu governo, com ideias. Já o vice Marquinhos Indaiá declarou também – “Projeto importante e que vai oferecer a oportunidade dos munícipes registrarem o cotidiano da cidade e ao mesmo tempo divulgar os muitos atrativos do nosso município”.

Será que se o governador do estado viesse visitar a cidade, ou os deputados queridos do prefeito André do Prado e Márcio Alvino, a prefeitura estaria assim com o seu jardim? Fica ai a pergunta.