A start up social Laboratória oferece para as mulheres, oportunidade de cursos gratuitos para uma carreira na área de tecnologia

28576248_1750161598356681_9093840533790048954_nA startup social Laboratória está com inscrições abertas para mulheres interessadas no curso de programação. A organização foi fundada no Peru e já formou 580 programadoras.

As inscrições para o processo seletivo são realizadas online pelo site selecao.laboratoria.la e vão até quarta-feira (4). As fases de entrevistas e pré-admissão acontecerão em abril, e as aulas começarão em maio, em São Paulo.

As interessadas no curso não precisam ter experiência em tecnologia, mas precisam atender os seguintes requisitos:

Ser mulher;
Maior de 18 anos;
Ter estudado o ensino médio ou ensino superior em instituições públicas ou privadas com bolsa por critério de renda.
As alunas não pagam nada durante o curso. Depois de conseguirem um emprego, elas pagam uma contribuição (10% do salário) para que outras mulheres possam ter a mesma oportunidade.

O programa de formação, ou Bootcamp, dura 6 meses, e prepara as alunas para se tornarem programadoras Front-End, com aulas sobre JavaScript, HTML, CSS e UX, entre outras especializações.

Fonte: G1