Adilson Santos

macaco encontrado em PoáO morador do Jardim Obelisco Wesley dos Santos Farias postou na sua página e na comunidade @oficialpoacomacento uma foto de um macaco encontrado morto na Rua Dom Pedroo II, 1048, jardim Obelisco em Poá.

Segundo Santos a foto foi tirada no sábado por volta das 20h, e conversando com alguns moradores, informou que eles disseram que haviam ligado para a Defesa Civil da cidade, porém não tiveram atendimento.

Assim que ele compartilhou na página da Comunidade #PCA  o editor da página Adilson Santos falando com o cidadão que passou as informações – e às 01:02 do dia 26 ligou para a Central de Monitoramento, atendido pelo GCM Carlos, passou o endereço e solicitou providências. O servidor público disse que iria passar para quem de responsabilidade para ir até o local, e não soube dizer que providências seriam tomadas, se iriam ou não acionar as autoridades de vigilância sanitária do município.

De qualquer modo, vamos enviar um e-mail para a secretaria de saúde e vigilância, para que tomem as devidas medidas, inclusive informar melhor a população, pois na região existe uma área de mata, próximo da Aldeia SOS do Reino da Garotada.

Macacos estão sendo mortos pela população

ciclo-de-transmissao-da-febre-amarela.jpgSegundo o jornal Em País, só no estado do Rio de Janeiro 60% dos macacos estão sendo mortos pelo homem em ação de espancamento e envenenamento, mas isto prejudica o monitoramento da doença. Quem age assim, mantando, impede o monitoramento da epidemia, afinal o grande vilão é o mosquito e não o macaco, como mostra o infográfico acima do ministério de saúde.

Acompanhamento do caso do macaco em Poá
Hoje de madrugada a redação da @oficialpoacomacento entrou em contato com a GCM que ficou de ir verificar o local, e ver se o macaco ainda estava no logal, ligamos na centra do monitoramento que apresentou problemas e cai a ligação em SP, falamos com o secretário de segurança Carlos Setsuo Mutuo que ficou de apurar com o comando e nos dar o retorno, mas até o momento desta atualização não tivemos resposta.

O secretário de saúde e vice-prefeito Marcos Ribeiro da Costa, o Marquinhos da Indiá também não nos deu retorno, e nem o secretário de governo, comunicação social e meio ambiente, Augusto de Jesus, como também o departamento de comunicação.

Em resposta o departamento de Vigilância Sanitária em Poá informou a seguinte nota: A equipe de Controle de Endemias já procedeu com diligência ao local no domingo, pela manhã, e não sendo encontrado o respectivo PNH (Primata Não Humano – o macaco), diante do exposto o Departamento de Vigilância em Saúde, por meio das divisões de Vigilância Epidemiológica e Zoonoses, irá proceder com vacinação na proximidade e casa a casa.

Foto: Redes Sociais do denunciante – Atualizado às 11h12