Aéssio Ramos Pinto

27540020_10204437890023680_1424733264930641622_nEstamos caminhando para o segundo ano de mandato dos atuais vereadores de Poá e nunca se viu tanta omissão dos representantes do povo nesta cidade. Dezenas de problemas graves e inadiáveis estão se arrastando e os homens que foram eleitos exatamente com a finalidade de defender o interesse público, ao que parece, estão mais preocupados em defender seus interesses pessoais.

Falta uma Comissão Especial de Vereadores para apurar com rigor milhões de reais gastos com o Piscinão e a obra se encontra totalmente paralisada. Há meses o grande espaço se transformou num verdadeiro matagal. E, ninguém explica nada e nem apura o total gasto ali. Com um grande agravante: até março, a cidade corre o risco de sofrer com muita chuva. Outra Comissão precisa apurar e informar a população, as efetivas razões que levaram o prefeito e seu vice a fechar a pediatria no Hospital Guido Guida, sabendo-se que existem diversos profissionais dessa área contratados pela Prefeitura Municipal. O interesse público deve estar acima do interesse político do prefeito, do vice e dos vereadores, exceto um ou dois.

Mais uma Comissão deveria investigar o comércio irregular que toma conta das principais vias públicas da cidade, em detrimento do comércio estabelecido que paga impostos e contribuem com o progresso da cidade. Quem estaria interessado em fomentar esse comércio irregular e qual a vantagem existente. Isso apenas para ficar em três itens, sabendo-se que existem outros, como Uniforme Escolar; Distribuição de Merenda e a falta de vaga nas Creches da Cidade.

Alguns Vereadores se acomodaram, ou se aliaram ao Prefeito por algum motivo ou algum interesse. Inclusive sobre um dos vereadores que até já lançou sua candidatura a prefeito, mas não tem qualquer credibilidade. Por essa omissão e negligência, a grande maioria não deve ser reeleito nas próximas eleições.

Aéssio Ramos Pinto, jornalista, diretor do jornal Novo São Paulo e Rádio Estância, bacharel em direito, ciências e letras, fotógrafo profissional, conselheiro do Contur e Etec, já foi secretário de Cultura, Esportes e Turismo, Governo, assessor parlamentar e candidato à vice-prefeito.